quarta-feira, 25 de julho de 2012

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Música para os meus ouvidos

A música faz parte de mim, ela é o reflexo de quem sou. Cada género  é um estado de espírito diferente! Gosto de  sentir as vibrações da letra em sinfonia com o ritmo e melodia! Dá-me prazer captar as mensagens que elas transmitem e escondem, captar a sua essência. Consigo mergulhar num intenso êxtase, que apenas a música me pode proporcionar. É a máquina  que me faz recordar de tempos vividos, felizes e tristes. É ela o meu escape... o meu esconderijo.

"Sem ela, a vida seria um erro. Por isso quem não ouve a melodia acha maluco quem dança, quem toca, quem sente…"
Aponto Stairway to Heaven como a minha favorita. 
Uma obra de arte repleta de profundidade, beleza e grandiosidade, mistério. Até hoje, uma luz na escuridão.  

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Trabalha preguiçoso!

Estas coisas dão-me cá uma revolta! Apareceu-me hoje um homem com bom lombo pra trabalhar. Vinha ele com umas folhas debaixo do braço:
- Ó menina! Pode-me por aqui o carimbo nas folhas? É para o desemprego!
A minha alma ficou parva, já nem se dignam a perguntar se precisam de empregados... é esta gente que temos em Portugal. Uns mandriões, preguiçosos que gostam de estar à sombra da bananeira! É por esta e por outras que o país não saí  da cepa torta. Ficam em casa a coçar a micose. Andamos nós, sociedade activa a descontar para estes preguiçosos? Sei que há muita gente que quer trabalhar e não consegue mas isto é cúmulo!


segunda-feira, 16 de julho de 2012

Nunca fui como todos
Nunca tive muitos amigos
Nunca fui favorita
Nunca fui o que meus pais queriam
Nunca tive alguém que amasse
Mas tive somente a mim
A minha absoluta verdade
Meu verdadeiro pensamento
O meu conforto nas horas de sofrimento
não vivo sozinha porque gosto
e sim porque aprendi a ser só...



Florbela Espanca

sábado, 14 de julho de 2012

Se amar demais é um erro
Eu amo errar!
Porque errar é humano
E quem é humano ama.

By: tixa

Despe-te

Despe-te!
Despe-te das máscaras que não me deixam conhecer-te,
Despe-te preconceitos e juízos,
dessa falsa moral e mentiras.

Sê livre, sê inteiro, sê verdadeiro
by: tixa


sexta-feira, 13 de julho de 2012

Hoje em dia #1

O aluno Miguel chega atrasado, bate à porta da sala de aula na Lusófoba, espreita e educadamente pergunta: Dá licença? Está licenciado! Faz favor.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Música do dia

Uma música que te lembre a tua infância
( adorava ver o meu pai tocá-la)

Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes!
E eu acreditava.
Acreditava,
porque ao teu lado
todas as coisas eram possíveis.

Mas isso era no tempo dos segredos.
Era no tempo em que o teu corpo era um aquário.
Era no tempo em que os meus olhos
eram os tais peixes verdes.
Hoje são apenas os meus olhos.
É pouco, mas é verdade:
uns olhos como todos os outros.

Já gastámos as palavras.
Quando agora digo: meu amor...,
já não se passa absolutamente nada.
E no entanto, antes das palavras gastas,
tenho a certeza
de que todas as coisas estremeciam
só de murmurar o teu nome
no silêncio do meu coração.

Não temos já nada para dar.
Dentro de ti
não há nada que me peça água.
O passado é inútil como um trapo.
E já te disse: as palavras estão gastas.

Adeus



Eugénio de Andrade

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Carta aberta ao reitor da Universidade da Lusófona


Exmo. Reitor. Foi com grande satisfação que soube que a Universidade Lusófona conferiu uma licenciatura em Ciência Política ao Dr. Miguel Relvas em apenas 14 meses, reconhecendo dessa forma a sua elevada estatura intelectual. Sempre sonhei com o alargamento das Novas Oportunidades ao Ensino Superior e fiquei muito feliz por terem dado o devido valor à cadeira de Direito que o senhor ministro fez há 27 anos com nota 10. Depois, naturalmente, o processo foi "encurtado por equivalências reconhecidas" (palavras do Dr. Relvas), após análise do seu magnífico currículo profissional.
É dentro desse mesmo espírito que vinha agora solicitar igual tratamento para a minha pessoa. Embora seja licenciado pela Universidade Nova com uns simpáticos 17 valores, a verdade é que o curso levou--me quatro anos a concluir e o Jornalismo anda pela hora da morte. Nesse sentido, e após análise da oferta disponível no site da universidade, venho por este meio requerer a atribuição do grau de licenciado em: Animação Digital (tenho visto muitos desenhos animados com os meus filhos), Ciência das Religiões (às vezes vou à missa), Ciências Aeronáuticas (já viajei muito de avião), Ciências da Nutrição (como imensa fruta), Direito (fui duas vezes processado), Economia (sustento uma família numerosa), Fotografia (tiro sempre nas férias) e Turismo (visitei 15 países). Já agora, se a Universidade Lusófona vier a ministrar Medicina, não se esqueça de mim. A minha mulher é médica, e tendo em conta que eu durmo com ela há mais de dez anos, estou certo de que em seis meses posso perfeitamente ser doutor.
Respeitosamente,
João Miguel Tavares


Podia dizer alguma coisa mas limito-me apenas a bater palmas


segunda-feira, 2 de julho de 2012

Verdade do Dia #1

Se fossemos tão exigentes com o nossos políticos como somos com o Cristiano Ronaldo na Seleção... o país não estava na miséria que está.

Leis de Newton