sábado, 2 de julho de 2011

Azares calham a todos!

Angélico Viera, tinha 28 anos e a vida lhe sorria, até ao dia 25 de Junho perder o controlo do carro. Portugal chora a morte do ídolo que conquistou os adolescentes. Actor, modelo, músico,dançarino e além de tudo... era dono de um o futuro promissor assim como Hélio e Amanda. Daquele acidente resultaram até ao momento duas vítimas mortais. Amanda de 17 anos, natural de Angola, continua em estado grave no hospital do Porto.

Muita água correu durante esta semana.
- Ele não levava cinto de segurança! É para servir de exemplo!
- Aquilo é da cocaína!
- Ah com um carrão daqueles ia em excesso de velocidade!

Quem são vocês para falar algo? Qual o vosso estatuto para opinar algo? Opinem os factos, não as possibilidades! Opinem certezas não suposições!

Ao que se sabe, Angélico levava SIM o cinto de segurança, não fumava, não bebia, não consumia substancias ilegais. Provavelmente se excedeu na velocidade... E quem nunca o fez? Que atire a primeira pedra!

Também muito se falou na "injustiça" da imprensa apenas dar atenção ao Angélico. É normal... era um artista da televisão Portuguesa, uma cara bonita e bem sucedido.
Durante esta semana estive a par deste infeliz caso, e o que me entristeceu mais foi certos comentários que li.
" Só tenho 5% de pena porcausa da mãe... ele devia de morrer"
Mas o que é isso? O processo natural do ser humano é progredir e não nos comportármos como verdadeiros retardados. Estamos a falar de uma vida e os azares calham a todos. Cada vez nos tornamos mais em seres e menos humanos!

Vou ser breve nas minhas palavras. Nunca fui fã do Angélico, acompanhei sim, boa parte do início da sua carreira, sempre o achei e ainda acho um rapaz muito bonito e simpático. O facto de não gostar da música que fazia ou da forma como intrepertava os personagens não faz com que eu o odeie. Era um cidadão que pagava seus impostos e fazia o que gostava. Talvez esse seja o grande motivo de ataque por parte desses imbecís. Fiquei chocada com a sua repentina morte. Jovem de mais, assim como outros milhares.

Portugal perdeu Angélico, porém há pais que perderam o seu "Sandrinho" que era seu orgulho.
Há pais que perderam seu o Hélio que sonhava em se formar e ajudar a família. E ainda há pais rezam pelas melhoras da Amanda que sonhava ser modelo.

Todos os dias, todos os meses, todos anos em todo o mundo há um pai que perde um filho nas estradas. Só quero que tenham em consideração os sentimentos de quem está a sofrer.
by:Patrícia Moreira

1 comentário:

ombemua disse...

Tao verdade!Que descanse em paz o Angelico e o Helio...e as melhoras da Armanda.

Bsaci*