domingo, 10 de julho de 2011

A "estética da música"

Qualquer badameco(a) pode cantar! Mas é que é a pura verdade... qualquer um pode ser um artista de grande sucesso com uma música de merda.
Querem nomes? Nem vou mais longe. Aqui há uns anos, apareceu uma alminha de nome... Zé Cabra. Ele não canta... ele espanta! Um homem que nem sabe a letra da sua propria música, fez um sucesso enorme com o hiper mega combo blaster hit "Deixei tudo por ela".

Eu sinto vergonha! É verdade... quando passa essa musica dá-me vontade de esconder debaixo da cama! Esconder-me... isolar-me do mundo! É triste dizer isto mas não há muitos jovens que conheçam a obra de António Variações, José Cid, Zéca Afonso. Porém esta falta de gosto e de audição está longe de ser só em Portugal.
Os padrões da música são cada vez mais exigentes! Não pela sua qualidade mas por sua estética. É muito mais rentavél ter uma gaja toda boa, descascada num palco a abanar a cintura que não canta a ponta de um corno e que recorre ao playback do que uma boa voz.

“Não faço música para os olhos, faço música para os ouvidos”. - Adele
E por aqui me fico... não vou me estender mais neste assunto!
Bom Fim de semana!

1 comentário:

ombemua disse...

Bem verdade prima!
Nem me lembre do Zé Cabra....

Baci*